Com este trabalho pretendemos motivar os alunos para a realizaçao de trabalhos/projectos executados em várias técnicas, suportes e materiais.

.posts recentes

. TEORIA DAS CORES

. -FORMAS E ESTRUTURAS GEOM...

. PINTURA EM TECIDO / SEDA ...

. PINTURA EM VIDRO - MATERI...

. PINTURA EM MADEIRA - MATE...

. PINTURA SOBRE VIDRO, MADE...

.arquivos

. Maio 2007

Segunda-feira, 28 de Maio de 2007

TEORIA DAS CORES

O que se convencionou chamar de Teoria das Cores de Leonardo da Vinci, são as formulações históricas contidas nos seus escritos e reunidas no livro Tratado da Pintura e da Paisagem – Sombra e Luz. Cuja primeira edição só foi publicada 132 anos após a morte do artista, são anotações recolhidas por ele ao longo de anos de observação e é a teoria mais corrente, sendo um dos legados do renascimento para as artes visuais.

Distinção das cores.   

 

 Ao falarmos de cores, temos duas linhas de pensamento distintas: a Cor-Luz e a Cor-Pigmento. Falar de cor sem falar de luz é impossível, mesmo se tratando da Cor-Pigmento, pois a luz, é imprescindível para a percepção da cor, seja ela Cor-Luz ou Cor-pigmento. No caso da Cor-Luz ela é a própria cor e no caso da Cor-Pigmento, a luz, é que é refletida pelo material, fazendo com que o olho humano perceba esse estímulo como cor.   
Os dois extremos da classificação das cores são: o branco, ausência total de cor, ou seja, luz pura; e o preto, ausência total de luz, o que faz com que não se reflita nenhuma cor. Essas duas "cores" não são exatamente cores, mas características da luz, que convencionamos chamar de cor.

O circulo cromático  

  

O circulo cromático não é um instrumento científico de classificação de cores, mas é muito útil no entendimento da teoria das cores. Geralmente usado para estudar as cores-pigmento, o circulo cromático pode ser desenvolvido em qualquer material, lembrando-se que cores-luz e cores pigmentos sofrem alterações de acordo com a sua própria essência.   

As cores dividem-se em:   
 Cores Primárias  
 Cores Secundárias  
 Cores Terciárias

O "calor" das cores

   

           A temperatura das cores, designa a capacidade que as cores têm de parecer quentes ou frias. Quando se divide um circulo cromático ao meio com uma linha vertical cortando o amarelo e o violeta, percebe-se que os vermelhos e laranjas do lado esquerdo, são cores quentes, vibrantes. Por outro lado, os azuis e verdes do lado direito são cores frias, que transmitem sensações de tranquilidade.

publicado por eveet78 às 21:21
link do post | comentar | favorito
|

-FORMAS E ESTRUTURAS GEOMÉTRICAS

 

- Entender «geometria» como «organização da forma».

 

- Formas e relações geométricas puras.

- Entender a geometria como princípio de economia que se traduz, por exemplo, na normalização de fabricos.

 

  -Operações constantes na resolução de diferentes problemas:

  •  traçado de paralelas e perpendiculares;
  •  construção de rectângulos;
  •  divisão do segmento de recta em partes iguais;
  •  divisão da circunferência em 2, 3, 4, 6, 8 e 12 partes iguais;
  •  poligonos estrelados,arcos e espirais;
  •  Óvulos e Ovais 
  •  Identificar formas geométricas no envolvimento natural ou criado pelo homem.

- Utilizar traçados geométricos simples na resolução de problemas práticos.

- Compreender a utilização de instrumentos na execução de desenhos técnicos.

- Utilizar o material de desenho geométrico com preocupação de rigor.

 

    • Actividade
  • Construção e pintura a lápis de cor, de uma composição geométrica

                     

publicado por eveet78 às 21:02
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 15 de Maio de 2007

PINTURA EM TECIDO / SEDA - MATERIAL PARA PINTAR TECIDO

 

 

Pincéis, tintas sintéticas, fixador, sal, mistura de água, etc. O  TECIDO / SEDA Existe toda uma série de tipos de seda e tecidos, muito diferentes na sua estrutura. Tipos de seda: Seda Pongée, Crêpe da China, Chiffon, Tela, Seda de Honan, etc.

publicado por eveet78 às 19:43
link do post | comentar | favorito
|

PINTURA EM VIDRO - MATERIAL PARA PINTAR VIDRO

 

 Vidro, pasta para perfis, pincéis, tintas, recipientes para limpar os pincéis, diluente, trapos não desfiáveis, etc. v O VIDRO A espessura do vidro deverá ser de 2 ou 4 mm; para quadros grandes, deve utilizar-se vidro grosso. Normalmente, o vidro é martelado em uma das faces, sendo a outra lisa ( a que vai ser trabalhada ). Deve limpar-se o vidro com uma solução à base de álcool a fim de ficar impecavelmente limpo.

publicado por eveet78 às 19:39
link do post | comentar | favorito
|

PINTURA EM MADEIRA - MATERIAL PARA PINTAR MADEIRA

 

 Madeira, lixa de água fina, pincéis, tintas acrílicas, patine recipientes para limpar os pincéis, diluente, trapos não desfiáveis, etc. 

 Antes de começar a executar qualquer trabalho em madeira, lixe bem a peça para remover imperfeições, aplique uma demão de goma laca e deixe secar. Repita o processo quantas vezes forem necessárias, até que toda a superfície esteja lisa e homogénea.

 

publicado por eveet78 às 19:37
link do post | comentar | favorito
|

PINTURA SOBRE VIDRO, MADEIRA E TECIDO - LOCAL de TRABALHO

 

 

O local de trabalho deve estar preparado numa sala com boa ventilação, uma vez que, depois de um longo período de tempo a trabalhar, as tintas exalam um cheiro desagradável e nocivo. Qualquer mesa de altura normal serve para pintar. Como precaução, deverá cobrir-se com uma cobertura lavável, e por cima desta um papel branco que deverá ter, pelo menos, o tamanho do quadro que vai ser trabalhado. A luz directa do sol é muito desfavorável, visto que faz com que as tintas sequem rapidamente. Antes de pintar a seda esta deve ser estirada numa moldura de madeira mole.

publicado por eveet78 às 19:35
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds